Arquivos diários: 3 de maio de 2018

Condeúba: Realizada a 11ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal, ainda com respingos da CPI

Por Oclides da Silveira

A Sessão de hoje contou com a presença dos 11 vereadores

Foi Realizada a 11ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Condeúba nesta quinta-feira dia 3 de maio de 2018. No PEQUENO EXPEDIENTE: Foi feito a leitura da Ata da Sessão Anterior, colocada em votação e aprovada por todos. Teve a Indicação apresentada pela vereadora Nena para construir uma ponte no Rio Areal na localidade onde morava o Sr. “Biu”. Teve também a leitura de parte do parecer do TCM que foi publicado no dia 6 de dezembro de 2017, em relação a prestação de contas do exercício de 2016, opinando o TCM pela aprovação com ressalvas imputou uma multa ao antigo Gestor anterior Guto no valor de quinhentos reais.

GRANDE EXPEDIENTE: 

Vereador Adailton Ramos Vieira

Adailton Ramos Vieira PCdoB – usou a tribuna e “disse: Que houve muitos comentários pelas ruas e muito mais nas redes sociais por ele ter votado na Sessão anterior a favor do arquivamento da CPI. Disse ainda que não adianta esperar que ele vá votar para agradar grupos, o voto dele será definido por ele mesmo e será sempre em beneficio do povo. A CPI foi feita de forma imparcial deveria ter ouvido todos e não só os pequenos, cadê os outros  acusados o Prefeito, o dono da empresa, o filho da vereadora Nena, Secretário de Obras Dinailde que não foram ouvidos?  Volto a dizer que votei com a minha consciência e não em favor de grupo algum. Vi nesta CPI uma covardia, pois, só ouviram os pequenos. Há uma grande diferença de um vereador que trabalha durante 4 anos e de um que ficou só um ano e quis apresentar tudo dentro deste tempo, aí talvez a rasão dos atropelos”, finalizou o vereador Adailton. Continue lendo Condeúba: Realizada a 11ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal, ainda com respingos da CPI

Novo Golpe via whatsapp: Quadrilha se passa por funcionários do Detran

Mais um golpe aplicado via whatsapp chega a região de Vitória da Conquista. Prometendo carteira de habilitação, retirada de pontos aplicados por multas e outros serviços por pequenas quantias, quadrilhas seguem enganando pessoas por toda a Bahia.

Motos estão sendo oferecidas por 3 mil reais, carros por 5 mil, e uma carteira de habilitação por mil reais. Criminosos prometem resolver tudo num curto período e por um preço bem pequeno, mas na verdade não passa de um golpe.

De acordo com o coordenador da Ciretran de Vitória da Conquista, Javan Rodrigues, em entrevista à TV Sudoeste, explicou que o órgão não se comunica com os cidadãos por meio de mensagens de aplicativos ou redes sociais. Queixas já foram registradas na Polícia Civil e esperam uma solução. Informou, também, que quem aceita a proposta pode estar se associando à quadrilha e sendo conivente com o crime.

Brasileiro entra no Guinness por trabalhar 80 anos na mesma empresa

Brasileiro Walter Orthmann se encontrou com Michel Temer por haver entrado no Guinness por trabalhar 80 anos na mesma empresa em SC

Quase dois anos depois de ter dito a frase “Não fale em crise, trabalhe”, o presidente Michel Temer recebeu na tarde desta quarta-feira (2) um brasileiro que entrou para o Guinness Book – livro dos recordes – por trabalhar 80 anos na mesma empresa.

Walter Orthmann, 96, veio a Brasília acompanhado do governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, para ser recebido pelo presidente, no Palácio do Planalto, onde posou para foto ao lado de Temer e do governador. Ele entrou para o livro dos recordes como o homem de maior tempo de serviço em uma mesma empresa.

Orthmann começou a trabalhar aos 15 anos na Indústria Renaux View – fábrica de tecidos e vestuário -, em Brusque, cidade do Vale do Itajaí. “Não existe segredo. Nós precisamos cuidar da nossa saúde, ter uma boa dose de disciplina e gostar do que a gente faz”, disse. “O futuro pra mim é hoje, o futuro pra mim é agora.”

A frase de Temer sobre trabalho foi dita em seu primeiro discurso no cargo, em 12 de maio de 2016, quando assumiu interinamente a Presidência da República, após o afastamento da presidente Dilma Rousseff, ainda durante o processo de impeachment.

Fonte: Folha PE

Mulher de Riacho de Santana e os filhos gêmeos estão entre os desaparecidos de prédio que desabou em SP

Foto: Leitor do Portal Vilson Nunes

Uma mulher, identificada como Selma Almeida Silva, 41 anos de idade, natural do município de Riacho de Santana (BA) e os filhos gêmeos estão entre os desaparecidos de um edifício de 24 andares, que começou a pegar fogo por volta de 1h20 e desabou, ainda na madrugada, desta terça-feira (1/5), no Largo do Paissandu, no centro de São Paulo (SP). Os três não são vistos desde a noite de segunda-feira (30/4).

Testemunhas disseram que a mulher não teria conseguido sair do prédio com seus dois filhos gêmeos de dez anos de idade. “Todo mundo conhecia a Selma, lutadora como a gente. Ela morava no oitavo andar e não conseguiu sair”, contou o desempregado Cosme Aleixo da Silva, de 54 anos.

O ex-marido de Selma, identificado como Antônio Rubens Francisco, que tem uma filha com ela, estava em meio à multidão que se aglomerou nas proximidades do local, na tarde desta terça-feira, em busca de notícias. Ele chegou a morar com ela no prédio que desabou. A filha do ex-casal, vive com a avó materna na referida cidade baiana. Antônio relatou que falava cotidianamente com Selma, porém, desde 6h da manhã, ele liga para a antiga companheira e não tem resposta. “A última vez que ela entrou no WhatsApp foi à 1h38”, disse o rapaz, mostrando a tela do celular. “Eu sei que ela está morta. Porque ela não me deixaria assim desesperado”, finalizou.

Ainda de acordo com informações obtidas pelo Portal Vilson Nunes, Selma é da localidade de Agreste, no município de Riacho de Santana, mas vive em São Paulo há muito tempo, onde trabalhava coletando material reciclável. A filha dela com Antônio tem aproximadamente 14 anos e mora com a avó, identificada apenas como Roma. O pai de Selma já é falecido e se chamava Sebastião.

Conforme a polícia, cerca de 100 famílias sem teto ocupavam dez andares do prédio. Os bombeiros permanecem no local fazendo buscas por vítimas nos escombros. Corpo de Bombeiros confirma 44 moradores desaparecidos de prédio que desabou, inclusive Selma e os filhos gêmeos.