Arquivos diários: 21 de Março de 2018

Conquistense vence concurso nacional “Passarela da Raça”

O concurso “Passarela da Raça”, teve sua a sua vencedora escolhida na noite desta terça-feira(20). A ganhadora foi conquistense Natália Silva, que disputou com mulheres de todo o Brasil.

O evento aconteceu na cidade de São Paulo, e foi produzido pela Revista Raça, umas das primeiras revistas brasileiras com conteúdo relacionado a cultura afro-brasileira. A jovem concorreu com mulheres negras de todo o país e não escondeu a emoção pela sua vitória.

Natália fez uma postagem de agradecimento na sua página do Facebook “Carinhosamente quero agradecer a todas e todos que contribuíram direta e indiretamente pra essa vitória. Obrigada Deus por me trazer até aqui, e sei que posso chegar bem além de onde me encontro. Obrigada também minha mãezinha, meu irmão Fabrício Isato meu amor Ibraim Souza meu amigo irmão Jonatan Silva. Minhas amigas e companheiras Luana Carvalho, Aline Biano, Josiane Sobral, Daniela Santos ,Joyce Salazar ,doutora Lurdes, Danillo Kiribamba, Cícero, tia Carmelita Guimarães, minha cunhada Yasmin Souza. Enfim obrigada a todos pela força, poder e positividade de cada um de vocês”, escreveu a jovem em seu perfil.

Apagão atinge ao menos parte de 14 Estados do Norte e Nordeste

Apagão desliga semáforos e causa engarrafamento no Recife (PE) Um apagão atingiu todos os nove Estados do Nordeste, além do Amazonas, Pará e Tocantins, na tarde desta quarta-feira (21). Segundo o ONS (Operador Nacional do Sistema.

Em sua conta do Twitter, o deputado José Carlos Aleluia (DEM) informou que a falha no teste da linha da Usina de Belo Monte provocou o apagão em parte do Brasil. Ainda de acordo com o democrata, o que aconteceu foi o desligamento de todo Norte e Nordeste do Brasil.

“O sistema de alívio de carga também falhou. 18.000 mW desligado”, publicou nesta quarta-feira (21). A informação também foi passada a Globo News pelo Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

Ex-deputado federal é encontrado morto em hotel de Brasília

O ex-deputado federal do Paraná Luciano Pizzatto

O ex-deputado federal do Paraná Luciano Pizzatto foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (21/3), no Hotel Nacional, na área central de Brasília.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada pelo subgerente do hotel por volta de 1h14. O funcionário disse que um hóspede havia sofrido um infarto e morrido no local. Quando os militares, chegaram constataram a veracidade da informação e chamaram a Polícia Civil. Dois agentes da 5ª Delegacia de Polícia (área central) também foram chamados.

Uma jovem que estava no quarto com o político contou aos policiais que Pizzatto tinha histórico de problemas cardíacos e sofria de diabetes. Ela acredita que ele teve um mal súbito. Ainda segundo a testemunha, o ex-parlamentar se preparava para deitar quando teria passado mal e caído no chão. Ele também teria batido a cabeça em um criado, causando um corte superficial na testa.

A mulher pediu ajuda aos seguranças do hotel. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e tentou reanimar o deputado, que não resistiu. A causa da morte ainda não foi diagnosticada. O corpo seguiu para o Instituto de Medicina Legal (IML).

Desconhecidos matam adolescente a pedradas quando saía da escola

Um adolescente foi assassinado a pedradas ao lado de um posto de combustível em Feira de Santana, Região Metropolitana de Salvador (RMS). O crime aconteceu nesta segunda-feira (19) na BR-324, no bairro Subaé, por volta das 21h30.

Todos os golpes atingiram a cabeça de Gabriel Costa Moraes, 15 anos.

A vítima, que usava uma farda escolar no momento do crime, teve traumatismo craniano e não resistiu. Até o momento, a autoria e a motivação do homicídio são desconhecidas.

A ocorrência será investigada pela Delegacia de Homicídio (DH) de Feira de Santana.

Fabricantes doam 100 fuzis e 100 mil munições para intervenção no Rio de Janeiro

Foto: Marcelo Theobald/ Agência O Globo

Fabricantes de armas doaram 100 fuzis T4 e 100 mil munições de calibre 446 ao Gabinete de Intervenção Federal do Rio nesta terça-feira (20). A entrega simbólica das armas, realizada no Forte de Copacabana, teve a participação do general Braga Netto; do secretário de Segurança, Richard Nunes; do presidente da Forja Taurus, Salesio Nuhs, que fabrica os fuzis; e o presidente da Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC), Fábio Luiz Munhoz Mazzaro.

“Até o fim do mês também anunciaremos o conserto dos blindados da Polícia Militar”, disse o porta-voz do interventor federal, Coronel Roberto Itamar. As armas e a munição, que ao todo custam R$ 1,5 milhão – cada fuzil vale em torno de R$ 8 mil – irão fortalecer as secretarias de Segurança e de Administração Penitenciária (Seap).

Também nesta terça, o presidente Michel Temer garantiu que R$ 1 bilhão serão destinados para a intervenção na cidade. O orçamento, que ainda não tem data para se repassado, não chega nem a um terço do mínimo que o interventor declarou que será necessário.

Na segunda-feira, Temer havia dito que a verba para a intervenção do Rio deveria ficar entre R$600 e R$800 milhões. O presidente não soube precisar, porém, se o repasse seria feito diretamente ao governo do estado ou via verba do exército.