Arquivos diários: 26 de Janeiro de 2018

Sebrae orienta MEI sobre Declaração Anual e mudanças no Simples Nacional

meiO Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) está oferecendo oficinas para que os Microempreendedores Individuais (MEI) da Região Sudoeste sobre as principais mudanças que ocorreram para o MEI no ano de 2018. As atividades acontecem de segunda a quinta-feira, em dois turnos: Pela manhã, começando às 9 hioras e, à tarde, a partir das 14 horas.

A programação segue até o dia 31 de maio, quando termina o prazo para entrega da Declaração Anual de Faturamento do MEI. Logo após o término da oficina, o empreendedor é encaminhado ao atendimento da instituição para realizar a Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional (DASN – SIMEI), quando já irá receber os boletos de pagamento das mensalidades do ano de 2018.

Todo MEI tem a obrigação de realizar a Declaração Anual à Receita Federal, onde deve constar a receita anual bruta, incluindo todas as vendas feitas ao longo do ano anterior, e se houve contratação de funcionário no período. O MEI deve comparecer aos pontos de atendimento do Sebrae portando o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e a relação de faturamento do ano de 2017. O Sebrae em Vitória da Conquista fica na Rua Cel. Gugé, 131, Centro.

II Festival de Sementes Crioulas da Bahia será realizado em fevereiro em Brumado

 

sementesA Secretaria Regional do Movimento dos Pequenos Produtores (MPA), juntamente com a Cooperativa Mista de Produção e Comercialização do Estado da Bahia (CPC), realizará entre os dias 2 e 4 de fevereiro, no Ginásio de Esportes Antônio Alves Ribeiro, em Brumado, o II Festival de Sementes Crioulas da Bahia.

O evento contará com o apoio da Prefeitura Municipal de Brumado, através da Secretaria de Agricultura Recursos Hídricos e Meio Ambiente. Na ocasião, haverá um intercâmbio de informações, troca de sementes, produtos do campo, debates, e relatos de experiência.

Em Conquista, Governador divulga novidades sobre o assassinato de Márcio Matos: “Foi um crime de mando”,

rui costaGovernador se emocionou ao encontrar a mãe de Márcio

Cumprindo agenda em Vitória da Conquista nesta sexta-feira (26) o governador do Estado da Bahia, Rui Costa, compareceu ao velório do líder do Movimento Sem Terra, Márcio Matos, assassinado essa semana com 7 tiros na cidade de Iramaia.

Em sua fala durante o velório, ao lado da mãe da vítima, o governador revelou que foi montada uma equipe especial para investigar e identificar os autores do crime e os mandantes.

“Porque a gente sabe que foi um crime de mando, até porque não levaram nada, dois homens chegaram com capacetes e efetuaram os disparos”, informou o mandatário.

Cirurgia inédita no SUS em São José do Rio Preto/SP., cortou o elo entre bebês

Ainda no útero da mãe, a menina supria suas necessidades e as do irmão gêmeo, que não se desenvolveu

iris
Iris Fernanda Pinto Oliveira de Andrade, agora esperançosa após a cirurgia que salvou a vida da bebê, vai começar a preparar o enxoval da filha Kariny Rebeca

Uma cirurgia devolveu a esperança para aos pais de Kariny Rebeca, que ainda está na barriga da mãe. Quando estava na 20ª semana de gestação, a dona de casa Iris Fernanda Pinto de Oliveira de Andrade, 32 anos, descobriu que estava gerando gêmeos, mas um deles não havia se desenvolvido e estava prejudicando a bebê saudável.

Por isso, precisou passar por uma fetoscopia para interromper o fluxo sanguíneo para a massa. Caso contrário, o coração de Kariny não daria conta de suprir suas necessidades e a do feto não desenvolvido e ela poderia morrer. O procedimento foi realizado no Hospital da Criança e Maternidade (HCM) pela primeira vez no SUS de Rio Preto no último dia 11. “Foi uma surpresa triste. Eu não esperava engravidar porque tenho endometriose. Foi dolorido, eu chorei. Era uma vida, mas a gente tem que aceitar a vontade de Deus, nada é do jeito que a gente quer”, considera a mãe.

A cirurgia foi possível graças a um equipamento que chegou no ano passado ao HCM. Na operação, interrompe-se o fluxo sanguíneo do feto saudável para o que não se desenvolveu, que após o procedimento vai diminuindo de tamanho – pois não recebe mais sangue – e é retirado no momento do parto. “Introduzimos uma câmera pequena dentro do útero. Ela e o ultrassom, que é realizado ao mesmo tempo, permitem que a gente identifique o local correto em que os vasos devem ser cauterizados. A fibra de laser que faz a cauterização passa junto com a câmera”, explica a especialista em medicina fetal Cristiane de Moraes Dias. O procedimento leva de 40 minutos a duas horas. Continue lendo Cirurgia inédita no SUS em São José do Rio Preto/SP., cortou o elo entre bebês