Arquivos diários: 6 de janeiro de 2018

Tragédia na BR-116: Morre segundo motorista do acidente. Vítimas foram identificadas

Caminhoneiro Edilson dos Santos Freitas Silva, de Tanhaçu, morreu horas após dar entrada no HPV em Jequié. O outro motorista, de prenome José Claúdio, morreu no local do acidente.CarretaMorreu há pouco no Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié, Edilson dos Santos Freitas Silva, motorista do caminhão que foi encaminhado para o hospital Prado Valadares, em estado grave, vítima de um grave acidente na BR-116, na manhã deste sábado (06).

O caminhão de cor azul com placa JLA-3871, dirigido por Edilson, e que transportava café, licenciada de Tanhaçu, teve a cabine totalmente destruída na colisão e parte do veículo espalhado na pista.

O corpo será recolhido ao IML para ser realizado o translado pelos familiares. Já o motorista da carreta com Placa de três corações morreu no local, sendo identificado como sendo José Cláudio. O corpo permanece no IML também à espera dos familiares. Agora são duas vítimas fatais do acidente. AS informações são do Itiruçu Online.

Conquista Assim Tudo Começou

Por Nando da Costa Lima

Nando-NandãoA mata estava nublada, não dava pra enxergar um palmo adiante do nariz, o frio gelava os ossos, mesmo cansados e congelados os homens continuavam a caminhada mata adentro, o capitão mor tinha dobrado o pagamento para que aquela empreitada se realizasse antes do sol nascer. Tinham que acabar com aqueles índios que estavam impedindo a entrada da civilização na melhor faixa de terra do planalto. Eram as terras dos mongoiós, uma gente pacífica que apenas reagia às invasões de sua terra, só queriam permanecer no lugar que era seu por direito , eles estavam a mais de uma légua da grande aldeia justamente para impedir a entrada dos desbravadores, estavam em maior número , mas as armas usadas pelos brancos desequilibraram a batalha. Era tanto índio , que os clavinotes explodiam de tanto serem recarregados. A briga foi feia, o mestre de campo quando viu que seus homens estavam fraquejando, prometeu ajoelhado que construiria uma capela naquele local, pra Nossa Senhora das Vitórias, se eles derrotassem os índios. O resto do pessoal se contagiou com a fé do chefe, lançaram mão dos facões e decidiram a batalha no combate corpo a corpo, a luta foi penosa, mas eles saíram vitoriosos. Os índios que não morreram foram capturados. Continue lendo Conquista Assim Tudo Começou

Médico cardiologista, esposa e filhos são sequestrados na cidade de Caculé

sequestradoFoto: Reprodução/Facebook

O médico cardiologista Eberthe Medeiros, 32 anos, natural da cidade de Espinosa, que atua na região de Caculé, a 100 km de Brumado, há cerca de quatro anos, foi sequestrado juntamente com sua esposa e filhos. De acordo com o Informe Cidade, o veículo do médico foi encontrado na manhã deste sábado (06) abandonado na BA-026, rodovia que liga a Caculé a Licínio de Almeida. O filho mais novo do casal também foi deixado no local.

Bandidos já entraram em contato com familiares do médico solicitando resgate. As últimas informações são de que a família foi deixada no Distrito de Iraundiara, município de Jacaraci, depois de terem pago o valor de R$18 mil pelo resgate.

A polícia já está realizando buscas em toda a região na tentativa de localizar e prender os sequestradores. Eberthe é formado em Medicina pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).

Condeúba: I Grande Encontro da Família Silveira

Por Oclides da Silveira

silv 15
I Encontro da Família Silveira de Condeúba/BA., realizado no dia 1º/01/2018.

Com a vinda de São José do Rio Preto/SP., para Condeúba, do Jovem Jonas Alves Barboza e seus familiares, (ele que é descendente dos Silveira), para cumprir uma promessa pela graça alcançada para carregar a Bandeira de Santos Reis e ajoelhar durante estiver cantando o Reis da Lapinha nas casas onde estiver Presépio armado, por um período de 3 noites. Jonas está acompanhando a Companhia de Reis da Comunidade do Olho D’água, que é liderada pelo Sr. Juvenal Pardinho.

Jonas
Jonas ajoelhado com a Bandeira de Santos Reis diante do Presépio

Diante de tanta adesão a causa do Jonas, este redador sugeriu a criação do encontro dos Silveiras uma vez por ano, de imediato Cleyton Silveira acatou a ideia e começou a fazer contatos e se mobilizou em torno da causa, que acabou culminando com o “I Encontro da Família Silveira”, realizado dia 1º de janeiro de 2018, ficando essa data prevista para todos os encontros futuros.

sreis 14“Tia Beca” recebendo os Reis de morador pelo lado de dentro da sua casa

Tudo foi pensado há mais tempo em torna da matriarca Isabel Maria da Silveira popular “Tia Beca” hoje com 94 anos de idade, sendo ela a única sobrevivente da segunda geração dos Silveiras de Condeúba. neste sentido tínhamos a pretensão de juntar o maior número de pessoas da família em torno dela. Assim conseguimos realizar este sonho neste dia 1º de janeiro de 2018. Ficando a data já reservada para o II Encontro em 2019. Continue lendo Condeúba: I Grande Encontro da Família Silveira