Arquivos diários: 21 de outubro de 2017

Condeúba/Dist. Feirinha: A Estudante Bruna Rafaela Bitencourt, é a mais nova escritora para o livro de Laé de Souza

A ESCOLA ADELMÁRIO PINHEIRO
DISTRITO DA FEIRINHA
Celebra os excelentes resultados do Projeto de Leitura mediado pela professora: Rosângela Meira de Oliveira

Bruna 1Os alunos da Feirinha estão na capa do Livro AS MELHORES HISTÓRIAS DOS PROJETOS DE LEITURA DO Autor Lae de Souza.
Continue lendo Condeúba/Dist. Feirinha: A Estudante Bruna Rafaela Bitencourt, é a mais nova escritora para o livro de Laé de Souza

Paul McCartney encerra turnê com 53 mil pessoas na Arena Fonte Nova

 

paul-mccartney-em-salvador
O ex-Beatles Paul McCartney – Foto: Breno Galtier/Divulgação

Mais do que um show, uma experiência musical com Sir Paul McCartney. A noite do dia 20 de outubro de 2017 ficará na memória das 53 mil pessoas que foram até a Arena Fonte Nova assistir à última apresentação da turnê no Brasil do eterno Beatle. Sob arrepios, gritos e lágrimas durante clássicos da banda dos quatro garotos de Liverpool, Salvador teve a honra de receber Paul McCartney com a tour One on One pela primeira vez.

De acordo com o G1, apesar da pontualidade não ter sido britânica, os 15 minutos de atraso do show fizeram aumentar ainda mais a ansiedade do público que ocupava cada cadeira da arquibancada e a pista sob o gramado do estádio. Às 21h45, os telões posicionados nas laterais do palco anunciavam o início do show histórico. Em português, assim como fez por outras cidades brasileiras onde passou, Paul disse: “E aí, Salvador? Beleza? Finalmente eu vim para a Bahia”.

URGENTE: O prefeito de São Paulo João Doria, desistiu de disputar a Presidência da República em 2018

O prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) não concorrerá à Presidência da República em 2018.temer_doria_alckmin-476x330O prefeito paulistano esteve na semana passada em Curitiba no velório da empresária Debora Mattos de Macedo, mulher do presidente da LIDE Paraná Fabrício de Macedo.

Doria garantiu aos amigos presentes no “guardamento” que desistiu da disputa do ano que vem, segundo fidedigna fonte do Blog do Esmael no Palácio Iguaçu, a sede do governo

PUBLICIDADE

Entretanto, continuou a mesma fonte palaciana, o prefeito tucano quer continuar “fazendo mídia” o máximo que puder. Ou seja, quer aparecer no ‘jogo combinado’ com o real candidato presidencial do ninho, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin.

Talvez essa desistência ajude a explicar melhor o por quê de Doria segurar no “fio desencapado” chamado Michel Temer (PMDB), cuja rejeição é capaz de enterrar biografias e carreiras políticas.

Resumo da ópera: Doria continuará comendo ração na Prefeitura de São Paulo; Alckmin disputará pela segunda vez o Palácio do Planalto; e o senador José Serra (PSDB) tentará voltar ao governo de São Paulo.

O prefeito paulistano esteve na semana passada em Curitiba no velório da empresária Debora Mattos de Macedo, mulher do presidente da LIDE Paraná Fabrício de Macedo.
Doria garantiu aos amigos presentes no “guardamento” que desistiu da disputa do ano que vem, segundo fidedigna fonte do Blog do Esmael no Palácio Iguaçu, a sede do governo do Paraná.

Viúvo flagra enfermeiro abusando sexualmente de sua mulher em necrotério

 

viuvoUm enfermeiro identificado como Grover Macuchapi Calle, de 27 anos, foi preso como suspeito de abuso sexualmente do corpo de uma mulher, de 28, num necrotério de um hospital em La Paz, na Bolívia.

O flagrante foi feito pelo próprio marido da morta ao entrar na sala para se despedir de sua amada. A notícia foi divulgada em jornais como o El Ciudadano e o La Prensa.

A vítima foi dada como morta uma hora antes do crime, ocorrido na última segunda-feira. Macuchapi, que teria afirmado estar em transe “como em um sonho” e não se lembrar de nada, em depoimento à polícia boliviana, chegou a apanhar do marido da jovem morta antes de ser levado pelos policiais.

O enfermeiro irá responder por violação de corpo e atos obscenos; forma como a lei boliviana trata de casos relativos à necrofilia.

Por: iBahia

Saiba o que fazer para não perder o auxílio-doença

Clayton Castelani
do Agora

Os trabalhadores que recebem o auxílio-doença do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) correm o risco de perder a renda mensal caso não fiquem atentos à data prevista para o encerramento do benefício.

Por lei, os auxílios-doença são concedidos com uma data programada para a alta do paciente, determinada pelo perito, conforme o tipo de doença que levou ao afastamento do trabalhador.

Se não houver data exata, o corte será feito em 120 dias (cerca de quatro meses), conforme uma lei federal que foi aprovada neste ano.

Lava Jato: R$ 95 milhões ilícitos em nova fase

operacao-lava-jatoFoto: Letícia Paris/G1

As investigações da 46ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta sexta-feira (20), apontam pagamentos ilícitos no valor de R$ 95 milhões, segundo o Ministério Público Federal (MPF). A atual fase tem duas frentes de investigação: projetos da Petroquisa, braço petroquímico da estatal, e contratos envolvendo o navio-sonda Vitória 10.000. Os mandados judiciais foram cumpridos no Rio de Janeiro e Recife.

Inicialmente, a PF não havia informado que a operação se tratava de uma nova fase da Lava Jato. Horas depois, o MPF informou que a operação se tratava, sim, da 46ª etapa da operação. De acordo com o G1, o delegado da PF Felipe Hayashi e o Procurador da República Roberson Pozzobom disseram durante a coletiva que não há importância na nomenclatura da operação e que o que importa são os resultados da investigação.

Os últimos dias de uma cidade de 10 mil anos que será inundada na Turquia

hasankeyf-na-turquia-1508529962963_615x300
Samuel Aranda/The New York Times

O rio Tigre serpenteia entre as ruínas e minaretes de Hasankeyf, a cidade turca pela qual passaram romanos, bizantinos e tribos túrquicas. Mas esta cidadela de ao menos 10.000 anos de antiguidade será engolida pelas águas.

Quando terminarem as obras da gigantesca usina hidroelétrica de Ilisu, o rio sairá de seu curso, apagando Hasankeyf e suas pontes de pedra da paisagem.

O governo lançou um projeto que fornecerá a energia e a irrigação necessárias para o desenvolvimento do sudeste da Turquia, uma zona ocupada sobretudo por curdos, que durante muito tempo foi deixada de lado pelo governo central.

Os monumentos históricos ficarão a salvo em um lugar seguro, após uma mudança faraônica que lembra as que foram realizadas nos anos 1960 no Alto Egito por Gamal Abdel Nasser durante a construção da represa de Assuã no Nilo. Continue lendo Os últimos dias de uma cidade de 10 mil anos que será inundada na Turquia