Arquivos diários: 4 de agosto de 2017

Condeúba: Morreu Maria de Novais Ferreira Oliveira popular “Bia”

Maria
Maria de Novais Ferreira Oliveira popular “Bia”

Morreu hoje pela manhã às 04:00 horas no Hospital Municipal Dr. José Cardoso dos Apóstolos a Sra. Maria de Novais Ferreira Oliveira mais conhecida por “Bia” aos 57 anos de idade. Ela deixou viúvo o Sr. Manoel José Oliveira e 5 filhos: Maria, André, Ana Claudia, Ana Paula e Emanuel.

O velório está sendo realizado na sua residencia à Praça Bom Jesus, nº 340 Bairro Bom Jesus, seu sepultamento será amanhã dia 5/8 ainda sem horário definido no Cemitério Municipal de Condeúba.

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos os sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável de seu ente tão querido. Que o bom Deus a tenha ao seu lado para a eternidade.

Brumado: Guarda Municipal busca qualificação para atuar no trânsito

guarda-municipal-de-brumado-qualificacao-para-atuar-no-transito-achei-sudoesteFoto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Brumado, no intuito de expandir a sua área de atuação, está buscando qualificação para atuar em auxílio à Superintendência Municipal de Transito e Transportes (SMTT) e à Polícia Militar no que diz respeito a melhor organização do trânsito local.

Recentemente, a GCM marcou presença em algumas atividades promovidas pela SMTT e pela 18ª Ciretran como colaborador direto em várias blitz realizadas na cidade. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o comandante da GCM, Jussimar Santos, simplificou que a intenção é inserir a guarda municipal como instrumento de segurança mais próximo da comunidade com o objetivo de também inibir as ações de infratores.

No projeto inicial elaborado pela GCM, cerca de 20 a 30 guardas devem passar pela primeira etapa de capacitação para o trânsito e em datas posteriores os demais devem ser convocados para também passarem pela qualificação. Como o projeto ainda passa pelos trâmites burocráticos, ainda não há uma data definitiva para que a GCM se apresente como agente colaborador do trânsito brumadense.

Morre o cantor Luiz Melodia aos 66 anos no Rio de Janeiro

melodia
Luiz Melodia

Morreu aos 66 anos Luiz Melodia, um dos grandes compositores do Brasil, autor de sucessos como “Pérola Negra” e “Estácio, Holly Estácio”, conhecido por mesclar o samba ao suingue do soul em um modo original de compor e interpretar. Ele era dono de um estilo único e uma das vozes mais marcantes da MPB.

O cantor morreu por volta das 5h desta sexta-feira (4). Ele estava internado no hospital Quinta D’Or, no Rio de Janeiro e sofria um câncer na medula óssea.

Neste ano, o cantor chegou a ficar mais de três meses internado após ter sido diagnosticado com mieloma múltiplo, um tipo raro de câncer no sangue. Logo em seguida ele iniciou as sessões de quimioterapia.

O tratamento resultou em uma baixa de glicemia e acidez sanguínea, e o artista precisou ser internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) no final de março.

No dia 13 de maio, Melodia passou por uma cirurgia de transplante bem-sucedido de medula óssea, porém a doença não regrediu.

Trajetória

Carioca nascido no morro do Estácio em 7 de janeiro de 1951, Luiz Carlos dos Santos herdou o dom musical do pai.

O pai, no entanto, se opôs de início à carreira musical, que começou mais voltada para a bossa nova e a jovem guarda, até que, depois de chamar a atenção dos poetas Wally Salomão e Torquato Neto, compôs “Pérola Negra”, gravada por Gal Costa no disco “Gal a Todo Vapor”, de 1972.

Saiu em 1973 o disco de mesmo nome, já com o nome artístico de Luiz Melodia. Os discos seguintes consolidaram sua carreira de artista que transitava entre o samba e o soul.

Fonte: UOL, em São Paulo

Professora de Brumado concorre ao Prêmio Educador Nota 10

adriana-cruz-da-silva-premio-educador-nota-10-achei-sudoesteA lista dos 50 finalistas do Prêmio Educador Nota 10 conta com projetos da cidade de Brumado. Representantes do município estão na disputa pelo título da 20ª edição. No total, mais de 5 mil trabalhos foram inscritos em 2017. No último sábado, os selecionadores fizeram breves defesas dos projetos eleitos para seus colegas e convidados na Fundação Victor Civita.

O processo conta com especialistas em didáticas específicas, pesquisadores das principais universidades do país, orientadores de graduação e pós-graduação, e formadores de gestores e de professores em suas respectivas disciplinas. Além da leitura dos trabalhos, são realizadas entrevistas com os educadores e solicitado material para a comprovação dos avanços de aprendizagem dos alunos em suas escolas.

Cada um dos finalistas recebe uma assinatura anual do site que dá acesso às revistas digitais de Nova Escola e Gestão Escolar, além de outros conteúdos e um diploma de participação. Os 50 indicados aguardam com ansiedade a seleção do top 10, que acontece no próximo dia 7 de agosto.

Cada um dos 10 vencedores do Prêmio Educador Nota 10 ganha um vale-presente no valor de R$ 15 mil, além de todas as despesas pagas para vir à cerimônia de premiação, na Sala São Paulo, em outubro. Na ocasião, será conhecido o Educador do Ano, escolhido pela Banca de Jurados. Este professor ou gestor receberá outro vale-presente também no valor de R$ 15 mil.

Uma novidade da 20ª edição é a entrega de um vale-presente no valor de R$ 1 mil para a escola dos 10 vencedores e para a escola do Educador do Ano, mais um no valor de R$ 5 mil. A organização do Prêmio quer que cada escola, onde o projeto foi realizado, possa celebrar a conquista do seu professor ou gestor com a comunidade escolar. O Prêmio Educador Nota 10 reconhece professores da Educação Infantil ao Ensino Médio e também coordenadores pedagógicos e gestores escolares de escolas públicas e privadas de todo o país.