Arquivos diários: 25 de junho de 2017

Condeúba: São João nas Comunidades, ainda mantém a tradição das fogueiras

Por Oclides da Silveira

20170623_175704
Sr. Elpídio Silveira acendendo sua fogueira

Noite de 23 de junho de 2017, este é o dia marcado para acender as fogueiras juninas, precisamente às 18:00 horas começam a botar fogo nas fogueiras, assim que acender começa então a queima de fogos de artifícios que vai desde chuvinha, vulcão, pega-moleque, cobrinha, traque, bomba, foguetes, rojões e outros um sempre grita, “VIVA SÃO JOÃO BATISTA”!!! Os outros respondem VIVA!!!

Em seguida a família que tem a tradição de comemorar o São João, se reúne próximo da fogueira já acesa e faz uma oração, uns rezam um Pai Nosso com uma Ave Maria, outros rezam o Terço, e tem alguns que rezam o Oficio. Ao termino da oração a família faz uma fila e dá três voltas ao redor da fogueira para saudar o Santo dizendo viva São João, viva São Pedro, viva São Paulo e viva todos os Santos que serão vosso Papa. Isto é dito em agradecimento pela vida e a saúde da família. Este é o momento em que se concretiza o “ato de pular a fogueira”.

A noite do São João é muito rica, pois tem uma enorme fartura, começando pelo porquinho assado, acompanhado dos demais ingredientes da culinária baiana, tem as comidas típicas das festas juninas como pipoca, chá de amendoim, quentão, canjica, sarapatel, biscoitos de chiringa e chimango, bolos de vários sabores, sucos de vários sabores, bebidas em geral.

Este ano fomos acompanhar o São João numa Comunidade Quilombola a do Tamboril, lá em 2011 foi criado o “Fogueirão Comunitário”, depois que todos acendem suas fogueiras e fazem suas orações, aí vão acender o “Fogueirão Comunitário”, onde se processa o mesmo ritual, só que desta feita as orações e os agradecimentos são feitos pela e para a comunidade. Continue lendo Condeúba: São João nas Comunidades, ainda mantém a tradição das fogueiras