Arquivos diários: 3 de fevereiro de 2017

Condeúba: Caiu a tão esperada e abençoada chuva pelos condeubenses

Por Oclides da Silveira

chuva

Nesta madrugada do dia 3 de fevereiro com inicio há uma hora começou a cair uma bela de uma chuva no município de Condeúba, que veio acompanhada de muitos trovões e relâmpagos.

Há mais de 60 dias que não chovia no município, muito embora, este período sempre costuma chover e ficar até alguns dias e semanas invernado, num entanto, o que vem ocorrendo é um calor monstruoso que tem atingido com relativa constância a casa dos 36 graus centígrados.

Com isso, as menores reservas de água vão secando e colocando os rebanhos de animais em risco, além das plantações que são extremamente afetadas. Hoje os condeubenses estão irradiando de alegria pela abençoada chuva que está caindo no município.

Brumado: Presos jogam balde de urina em policial e visitas de familiares são suspensas em cadeia

suspensao-visitas-delegacia-brumado-noticias-13

Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias

Os últimos dias na cadeia do município de Brumado, região Sudoeste, têm sido de muita tensão. Após princípios de motins e tentativa de fuga no último domingo (29), os familiares agora foram impedidos de fazerem visitas ou de realizar a entrega alimentos aos 26 presos que estão custodiados. Isso porque, a última ação grave praticada pelos presos foi de jogar um balde de urina em um policial civil que trabalha no local.

Apenas materiais de limpeza e higiene pessoal foram permitidos serem entregues aos internos. Um dos policiais ressaltou em declaração para o Brumado Notícias, que não serão permitidas ações de desrespeito como essa vinda dos presos.

“Reconhecemos que as condições na cadeia são desumanas, mas não somos nós quem a provocamos. Somos apenas servidores públicos no exercício do dever e fora da nossa real função. Por isso, como punição pela rebeldia e pela segurança de todos, as visitas foram canceladas”, afirmou o policial na porta da delegacia.

O investigador reforçou ainda sobre a necessidade da rápida entrega do presídio, justificando que não é função dos policiais civis atuarem como agentes penitenciários, se expondo diariamente a humilhações e a situações de risco de vida. “Foi um balde de urina, mas poderia ter sido um objeto que poderia lesionar o colega.

Estamos em estado de insegurança, pois corriqueiramente entram facas e os próprios presos conseguem fabricar objetos cortantes dentro da cadeia. Não podemos aceitar que os presos lá de dentro controlem as ações da delegacia por impor o que eles querem com essas ameaças”, desabafa.

Salvador: Com fé e oferendas, devotos lotam praia do Rio Vermelho para reverenciar Iemanjá

iemanja-59                                                                          Foto: Max Haack/Ag. Haack

A longa fila que se formou desde a madrugada desta quinta-feira (2), na Rua da Paciência, bairro do Rio Vermelho, em Salvador, é uma das principais demonstrações de devoção à Iemanjá.

Mas a simbologia da reverência do povo baiano, e também de turistas, à “Rainha do Mar” pode ser vista em qualquer ponto da praia do bairro considerado berço das homenagens. E foi lá no Rio Vermelho que a festa foi aberta com uma alvorada antes das 5h, quando ainda era a lua que iluminava a orla.

Na fila, centenas de fiéis aguardavam o grande momento de entregar as oferendas na Colônia de Pescadores, onde são guardados os balaios com presentes que vão para o alto-mar em dezenas de embarcações durante a tarde.

Flores, perfumes, espelhos, colares, pentes. Segundo a crença do candomblé, Iemanjá é conhecida pela vaidade. De acordo com o G1, as flores são maioria, pois as pessoas se dizem mais preocupadas com o cuidado em não poluir o mar.

A maioria dos devotos costuma deixar os presentes na Colônia dos Pescadores para depois serem entregues em alto-mar. Mas há outras duas opções: lançá-los diretamente nas águas ou utilizar barcos dos próprios pescadores e depositar as oferendas um pouco distante da costa.

Condeúba: Morreu José Maria dos Santos Filho

Por Ademar

IMG-20170203-WA0002Faleceu ontem dia 2 de fevereiro de 2017 José Maria dos Santos Filho aos 91 anos, “Zequinha” como era conhecido nasceu no dia 6 de abril de 1926 mesmo mês e ano que passava por aqui a Coluna Prestes.

Zequinha que tinha a profissão de celeiro, foi um homem muito prestativo e caridoso, matou a fome de muitos fazendo doações em época de grandes dificuldades no passado.

Zequinha foi casado com a Sra. Alaíde com quem tiveram os filhos, Auresino, Maria de Lourdes, José Francisco, Marcos Aurelio, Raimunda, Rita e Vanice. Zequinha está sendo velado em sua residência na Praça Santo Antonio. O enterro está marcado para as 15:00 horas do dia 3/2/2017 no Cemitério Municipal de Condeúba.

O jornal Folha de Condeúba deixa os sentimentos a família enlutada pela perca deste ente tão querido.