Arquivos diários: 16 de janeiro de 2017

Sudoeste: Aumenta a procura por vacina contra a febre amarela

  • vacina-contra-febre-amarela-brumado-noticias-27
    Após o surto de febre amarela no estado de Minas Gerais, aumentou a procura da vacina contra o vírus em toda a região sudoeste. A coordenação de vacinas da Vigilância Epidemiológica (Vigep) do município de Brumado  que passou a receber mais pedidos da vacina nas Unidades Básicas de Saúde, visto que muitas pessoas estão em busca da imunização contra a doença.
  • Ainda não se tem uma porcentagem do aumento das solicitações, mas de acordo com o primeiro relatório parcial a maior procura tem sido de pessoas que já haviam sido vacinadas, mas que só agora, ao consultar os cartões de vacinação, perceberam que precisavam renovar a dosagem, que acontece a cada 10 anos.
  • Até o momento não houve nenhum registro de caso suspeito da doença nos municípios da região e a SESAB está apenas mantendo o controle com campanhas anuais de multivacinação e estoque normal dos lotes da vacina na Vigep.

Brumadenses dão adeus ao comunicador Berro Grosso

velorio-berro-grosso-brumado-noticias-07A comunidade brumadense deu adeus ao comunicador Berro Grosso. Antônio Elias Nogueira Lima, de 59 anos, morreu vítima de leucemia. Nas últimas semanas, ele esteve internado no Hospital Professor Magalhães Neto, em Brumado, onde veio a óbito na madrugada do último domingo (15).

Católico devoto, Berro Grosso era muito popular no município, pois, além de apresentar um programa de moda de viola em uma emissora de rádio local, também era engajado em trabalhos sociais para auxiliar os menos afortunados com aquisição de alimentos e aparelhos para portadores de deficiência.

O comunicador também tinha participação em campanhas de proteção ao meio ambiente. Politizado e sempre envolvido nas militâncias da política local, era polêmico e ao mesmo tempo amigável. Sempre prezou pela paz e chegou a fazer uma intensa campanha pela paz nas eleições de 2012, quando apareceu na escadaria da Igreja Matriz com uma bandeira branca.

A comoção dos brumadenses foi maior após ser publicada sua carta de despedida, a qual escreveu em seu leito de morte. Nela, ele pediu que os amigos o velassem com alegria tocando modas de viola. “Levarei saudades de todos, cumpri o meu destino. Quando eu partir desse mundo quero todos os meus amigos violeiros tocando com alegria a minha partida. Tô com Deus, tô contente”, disse.

O pedido foi atendido durante o velório que aconteceu em sua residência. Centenas de parentes, amigos, autoridades, fãs e admiradores compareceram para prestar o último adeus e as últimas homenagens.

Benefícios do INSS são reajustados em 6,58% e teto sobe para R$ 5.531,31

Os benefícios pagos pelo INSS serão reajustados em 6,58% em 2017 e terão teto de R$ 5.531,31. O aumento foi definido pelo INPC de 2016, como prevê a legislação, e publicado em portaria no Diário Oficial desta segunda-feira (16). O porcentual de alta ficou acima do salário mínimo, que obedece outra regra e teve reajuste de 6,48%.

O salário mínimo é o piso para o pagamento dos benefícios, como aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte. A portaria publicada pelo Ministério da Fazenda prevê que, desde 1º de janeiro deste ano, as contribuições ao INSS tenham alíquota de 8% para quem ganha salário até R$ 1.659,38. Para remunerações entre R$ 1.659,39 e 2.765,66, a alíquota será de 9% e, entre 2.765,67 e 5.531,31, de 11%.

O valor da cota do salário-família por filho de até 14 anos de idade ou inválido de qualquer idade foi definido em R$ 44,09 para o segurado com remuneração mensal não superior a R$ 859,88; e R$ 31,07 para o segurado com remuneração mensal entre R$ 859,88 e R$ 1.292,43.

O auxílio-reclusão será pago a dependentes de segurado com salário abaixo de R$ 1.292,43. Também foram reajustados os valores das multas cobradas por descumprimento de obrigações previdenciárias, que vai variar de R$ 300,49 a R$ 30.050,76.
*Com informações do Bahia Notícias