Arquivos diários: 7 de dezembro de 2016

temer

Líderes não indicaram nomes para comissão de impeachment de Temer

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira (7) que não instalou a comissão que deve analisar o impeachment do presidente Michel Temer porque os líderes partidários não indicaram nomes para o colegiado.

A explicação será dada ao ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Mello cobrou na terça-feira (6), explicações da Câmara sobre a Casa ainda não ter atendido a ordem judicial. Maia disse que vai responder ao ministro “com toda clareza”.
“[A comissão] não foi instalada porque essa é uma atribuição dos líderes e eles ainda não indicaram os membros. A decisão dos líderes, pelo jeito, está tomada”, explicou.

Até o momento, 16 dos 66 membros titulares foram indicados.

vit-conq

Vitória da Conquista: Temporal causa alagamentos e estragos

enxurrada

Cerca de 1 hora de intensa chuva causou muitos estragos e vários pontos de alagamentos em Vitória da Conquista, na tarde desta quarta-feira (7). De vários bairros da cidade, moradores registraram problemas causados pelo temporal.

No centro da cidade, a maior parte das ruas ficou alagada. Na Avenida Lauro de Freitas, motos foram arrastadas pela força da água. Quem se arriscou caminhar, teve que enfrentar a força do vento.

antenas

Na Zona Oeste, o alambrado do 9º Batalhão ficou todo retorcido e acabou derrubando parte do muro da instituição. Outras ruas tiveram parte do asfaltamento arrancado.

renan

Maioria no STF decide manter Renan na presidência do Senado

Por seis votos a três, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou em julgamento nesta quarta-feira (7) o afastamento de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado.
Até a última atualização desta reportagem, cinco dos nove ministros presentes ao julgamento já haviam votado pela derrubada da decisão liminar (provisória) do relator do caso, Marco Aurélio Mello, proferida na última segunda (5). O ministro havia determinado o afastamento de Renan Calheiros, ordem que não foi cumprida pela Mesa do Senado. Continue lendo Maioria no STF decide manter Renan na presidência do Senado

Riacho de Santana: TCM rejeita contas do ex-prefeito Tito Eugênio

tito-eugenio-cardoso-de-castro-riacho-de-santana-88Em sessão realizada na terça-feira (6), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou as contas do prefeito do município de Riacho de Santana, Tito Eugênio Cardoso de Castro (PDT), referentes ao exercício de 2015.

O relator do parecer, conselheiro Paolo Marconi, multou o gestor em R$ 6 mil pelas irregularidades remanescentes no relatório técnico. Durante a análise, a relatoria verificou a abertura de crédito especial no montante de R$ 180.000,00, sem prévia autorização legislativa. Ainda cabe recurso da decisão.

Malhada de Pedras: Prefeito pede afastamento do cargo em função de prisão preventiva

cearaO prefeito da cidade de Malhada de Pedras, Valdecir Bezerra, o Ceará, foi preso pela Polícia Federal (PF) em decorrência da Operação Vigilantes, deflagrada no dia 25 de novembro. Na cidade, a operação foi desencadeada devido às denúncias de irregularidades na contratação e prestação de serviços do transporte público escolar.

Segundo apurou o site Brumado Notícias, o prefeito encaminhou, na última segunda-feira (5), um ofício ao presidente da Câmara Municipal de Vereadores pedindo o afastamento do cargo pelo prazo de trinta dias “devido à impossibilidade temporária de exercer seu múnus público constitucional, face à decisão judicial, que determinou prisão preventiva como garantia de ordem pública”.

O ofício foi protocolado nesta quarta-feira (07) no legislativo municipal. Com o afastamento, o vice-prefeito Paulo César Reis Paca (PRB), também investigado na Operação Vigilantes, assume o comando do executivo.