Arquivos diários: 25 de novembro de 2016

protesto

Sindicatos, estudantes e movimentos sociais voltam a protestar contra a PEC 55

Sindicatos, movimentos sociais e estudantes de Vitória da Conquista realizaram um novo protesto contra a PEC 55 (antiga 241), as reformas trabalhistas, do ensino médio e da previdência, nesta sexta-feira (25).

A concentração do ato aconteceu no estacionamento do CEASA, onde foi realizadas atividades culturais, aulas públicas e distribuição de material informativo para a população.

A mobilização de hoje busca chamar atenção da população para a votação da PEC 55 do teto dos gastos, que está prevista para ocorrer entre os dias 29 e 30 de novembro no Senado.

Prefeito, ex-prefeito e prefeita eleita de Malhada de Pedras são acusados de desvio de verbas

ceara

O prefeito Valdecir ‘Ceará’ (foto), o ex-prefeito Ramon dos Santos e a sua esposa e prefeita eleita, Terezinha Baleeiro, participaram ativamente dos desvios de verbas.

A Operação Vigilante, deflagrada pela Polícia Federal e Controladoria-Geral da União (CGU), cumpriu vário mandados de prisão contra membros da Administração Municipal de Malhada de Pedras. Entre os que foram presos ou conduzidos coercitivamente estão o prefeito, ex-prefeito e prefeita eleita do município. O esquema de desviou pelo menos R$ 3 milhões em recursos destinados ao transporte escolar no município.

O mandado de prisão preventiva foi cumprido contra o atual prefeito, Valdecir Bezerra, conhecido como Ceará, o vice-prefeito eleito, Adriano Paca, que se encontra foragido, além de servidores da Secretaria de Transportes. Também foram conduzidos coercitivamente o ex-prefeito, Ramon dos Santos, a prefeita eleita, Terezinha Baleeiro, o atual vice-prefeito, Paulo César Paca.

“A gente está falando de um ex-prefeito, que já tem condenação por inelegibilidade, da sua esposa, que foi eleita prefeita; do atual vice-prefeito e seu irmão, que foi eleito vice-prefeito, além de empresários e servidores da prefeitura. É o que a gente chama de um conúbio espúrio, que é um grupo político que se une no propósito de desviar recurso público em beneficio próprio, para custear gastos de campanha e empresários”, declarou o delegado Rodrigo Kolbe.

Os detidos na operação foram transferidos para o Conjunto Penal de Vitória da Conquista, onde estão custodiados outros dois prefeitos da região presos este ano.

Fonte: Blog Resenha Geral

Para estancar crise, Geddel vai deixar ministério

gedelO ministro da Secretaria Geral de Governo, Geddel Vieira Lima, já tomou a decisão de deixar o governo ainda nessa sexta-feira para tentar estancar a crise política do governo. Geddel vai oficializar sua demissão por causa da acusação de tráfico de influência feita pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero.

Geddel foi acusado de pressionar Calero para autorizar que o Iphan da Bahia liberasse a construção de um prédio onde tinha adquirido um apartamento. Calero se recusou a atender o pedido e se queixou ao presidente Michel Temer. Percebendo que Temer decidiu ficar do lado de Geddel, o então ministro preferiu se demitir.

A crise aumentou muito de proporção e tornou a situação de Geddel insustentável depois que Calero prestou depoimento à Polícia Federal e acusou Geddel e o próprio Temer de o presionar para que autorizasse a obra. Para tentar estancar a sangria política do governo, Geddel vai deixar a pasta.