Arquivos diários: 30 de outubro de 2016

A vida dos presos da Lava Jato no complexo penal de Curitiba

A revista Veja desta semana mostra detalhes da rotina dos “clientes especiais” do Complexo Médico-Penal do Paraná, na região metropolitana de Curitiba. Inventado por um carcereiro, o apelido diz respeito aos onze presos da Operação Lava Jato detidos ali.

A vida em Pinhais, como em qualquer cadeia, é dura, mas o complexo é limpo e sóbrio. O ex-todo-poderoso-ministro José Dirceu, o ex-presidente da Câmara André Vargas e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto são considerados os mais adaptados ao cárcere.

Debilitado por um câncer, o amigo íntimo do ex-presidente Lula José Carlos Bumlai recebe cuidados especiais, enquanto o ex-assessor de Antônio Palocci, Branislav Kontic, passa por tratamento psiquiátrico depois de tentar suicídio na carceragem da Polícia Federal em Curitiba.

Multas ficam até 244% mais caras na terça-feira

Punições mais severas a motoristas infratores começam a ser aplicadas na próxima terça-feira em todo o Brasil. As multas sofreram reajustes que variam de 52% a 244%. Alguns dos maiores penalizados serão aqueles que forem flagrados usando aparelhos celulares ou dirigindo sob efeito de álcool.

As alterações são as maiores desde a criação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em 1997. De acordo com o Estadão, a multa por falar ou usar aplicativos de celular mais do que triplica: passa de 85,13 reais para 293,47, reclassificada de média para gravíssima. Para quem se recusar a fazer o teste do bafômetro a penalização aumenta de 1.915,40 reais para 2.934,70.

Outra mudança é no tempo mínimo de suspensão do direito de dirigir, quando o condutor atinge 20 pontos na CNH, que aumenta de um para seis meses. Além disso, haverá mais rigidez com aqueles que usarem irregularmente vagas destinadas a idosos ou deficientes físicos em estacionamentos, até privados.

A multa passa de grave a gravíssima, de 127,69 reais para 293,47. Embora os reajustes venham em período de crise econômica, o argumento do governo foi o período de 19 anos sem aumento das multas.

A Lei 13.281/2016 foi sancionada por Dilma Rousseff (PT) em maio deste ano, dias antes de seu afastamento da Presidência. Alguns itens previstos, como um sistema eletrônico para substituir notificações pelos Correios, ainda devem demorar a ser implementados.

Crianças conquistenses que fugiram para SP voltam para casa após três dias

desaparecidos_conquista-300x225Os meninos Gustavo Santos Pereira, de 9 anos, e Rafael Reis dos Santos, de 10, voltaram para casa da família na tarde desse sábado (29). Os garotos, que ficaram desaparecidos durante três, foram encontrados na cidade de São Paulo.

Os dois meninos foram encontrados vendendo balas na rodoviária de São Paulo.Uma mulher que passava pelo local estranhou o comportamento dos dois e acionou a Guarda Municipal. Gustavo e Rafael foram levados para o Conselho Tutelar da cidade, que fez contato com os familiares deles e abrigou os garotos até a chegada dos responsáveis.

Agora, a Polícia Civil continua com as investigações, na tentativa de identificar e localizar o suspeito de levar as crianças para São Paulo. Segundo os meninos, na rodoviária de Vitória da Conquista, eles conheceram um homem que os levaram para a capital paulista.

As crianças contaram ainda que pegaram caronas em caminhões e vans até chegarem em São Paulo e que o homem que estava com eles se passou por pai deles e colocou os meninos pra vender doces pra conseguir dinheiro na capital paulista. Em seguida, o homem fugiu e levou todos os pertences das crianças.

Condeúba: IV Feira de Ciências do Colégio Estadual

Pela Professora Ana Cândida Viana

O projeto Feira de Ciências da Bahia (Feciba) foi idealizado em 2010 pelo Instituto Anísio Teixeira – IAT com o objetivo de estimular a relação ensino-aprendizagem e fomentar o protagonismo dos estudantes na construção do seu conhecimento. A base do projeto é estruturada na pesquisa como ferramenta que busca integrar todos os componentes curriculares e com isso promover o estudo interdisciplinar e lúdico. A Feira de Ciências da Bahia se insere, através do Programa Ciência na Escola, na política pública estadual de Educação de valorização do estudante, que deve ser um sujeito portador do direito à Educação Científica, a ter acesso ao patrimônio da Humanidade nas Artes, nas Ciências e na Cultura, a ter um aprendizado significativo, que o insira no mundo contemporâneo, científico e tecnológico, que não permite mais os analfabetos funcionais e analfabetos científicos, e que abre possibilidade de cidadania e de trabalho a quem justamente detém esse conhecimento e esse “saber fazer” Ciência. Continue lendo Condeúba: IV Feira de Ciências do Colégio Estadual