Arquivos diários: 8 de setembro de 2016

geddel

Geddel quer emplacar aliado em cargo da Procuradoria da Fazenda, diz coluna

O ministro-chefe da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), quer emplacar um aliado na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, contrariando a tradição de nomeação, que é de indicar o primeiro na lista tríplice, segundo informações da coluna Expresso da revista Época.

De acordo com a publicação, na escolha feita em votação pelos procuradores locais, Mauro Oliveira encabeça a lista. Mas, o peemedebista baiano quer que o cargo fique com Joelcio Filho, conhecido no meio político local como Joelcinho, que ficou em segundo na lista.

Joelcinho foi por duas vezes candidato a prefeito do município baiano de Santaluz, mas perdeu. Era pré-candidato em uma terceira tentativa neste ano, mas desistiu da candidatura na última hora alegando ter outros planos “pessoais e profissionais”. Em seu lugar na chapa, deixou o pai, Joelcio Silva, amigo de Geddel e vice-presidente do PMDB da Bahia.

plinio-thiado-reis-viana-brumado-noticias-91

BR-030: Jovem é arremessado para fora do veículo em capotamento e morre na hora

Um capotamento registrado na última quarta-feira (7), na BR-030, próximo à Fazenda Lagoa do Urubu, entre Guanambi e Palmas de Monte Alto, no sudoeste baiano, tirou a vida do jovem Plínio Thiago Reis Viana, de 19 anos.

O corpo da vítima foi arremessado para fora do veículo e o jovem morreu na hora. Um passageiro não identificado teve apenas ferimentos leves.

De acordo com o radialista Bonny Silva, Plínio retornava do show da Banda Torres da Lapa, que ocorreu na cidade Palmas de Monte Alto.

Testemunhas disseram que uma garrafa de bebida alcoólica foi encontrada dentro do carro. A vítima era funcionário da empresa Viana Frios.

Polícia suspeita que mãe possa ter dormido sobre bebê que morreu em Brumado

bebe-morta-brumado-noticias-93A Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Brumado iniciaram as investigações para apurar as causas da morte de um bebê de apenas um mês de vida, residente no residencial Brisas III, que chegou morto na manhã desta quinta-feira (8), no Hospital Professor Magalhães Neto.

Segundo apurou o site Brumado Notícias, a mãe de 30 anos de idade, foi quem levou a criança à unidade hospitalar alegando que a mesma estava com dificuldade para respirar. O médico que prestou atendimento identificou que o bebê já chegou no local sem vida.

Um investigador da polícia civil compareceu ao hospital para apurar os fatos e, no final da manhã, peritos removeram o corpo da criança para o Instituto Médico Legal (IML).

Uma das suspeitas da polícia é que a mãe possa ter rolado sobre o bebê enquanto dormia, causando o sufocamento da criança. A polícia só dará um parecer real após as conclusões das investigações.