Arquivos diários: 9 de junho de 2016

Como podem demorar para prender Sarney, Renan, Jucá e Cunha?, diz Suíca

Bocão News

Além de nomes citados na Lava Jato, a equipe do presidente interino Michel Temer (PMDB) tem ministros que respondem a outras acusações na Justiça. O fato foi lembrado pelo vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), na Câmara, nesta quarta-feira (8).

“A crise dos ministros da Lava jato gera mais instabilidade ao governo golpista, que não tem aprovação popular e está fadado ao fracasso. Todos entendem e não aceitam um presidente golpista e ficha suja. Tem de cassar esse cidadão.

O povo na rua não concorda com essa postura retrógrada do governo federal, todo dia é uma nova denúncia e uma nova decepção. Já tem gente que pediu a volta de Dilma, querendo que ela volte o quanto antes, para que outros direitos não sejam usurpados”, declara o edil petista.

Suíca ainda tratou dos pedidos de prisão feitos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que estaria, segundo o vereador, nas mãos do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki.

“Não entendo como podem demorar tanto de prender Sarney, Renan, Jucá e Cunha. Todos tentaram impedir diretamente, inclusive com reuniões obscuras, o prosseguimento da operação Lava Jato.

Devem estar mergulhados em corrupção até a cabeça. Sem falar na vergonha maior, que é fazer parte do Conselho de Ética da Câmara e virar chacota nas redes sociais, como fez uma parlamentar baiana, ao sumir durante a sessão que votaria o parecer para a cassação do mandato de Cunha, lamentável”.

operacao-lava-jato-58

Mulher de Eduardo Cunha e mais três viram réus em ação da Lava Jato

Mulher de Eduardo Cunha e mais três viram réus em ação da Lava Jato. O juiz federal Sérgio Moro aceitou denúncia nesta quinta-feira (9) contra Cláudia Cordeiro Cruz, esposa do presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha, o empresário português Idalécio de Castro Rodrigues de Oliveira, o lobista João Augusto Rezende Henriques, e o ex-diretor da área Internacional da Petrobras Jorge Luiz Zelada em um processo oriundo da Operação Lava Jato. Com isso, eles se tornam réus no processo.

De acordo com o G1, o deputado Eduardo Cunha diz que as contas de Cláudia no exterior estavam “dentro das normas da legislação brasileira”, foram declaradas às autoridades e que não foram abastecidas por recursos ilícitos. Os advogados de Cláudia e Zelada não se manifestaram até a última atualização desta reportagem.

Seca provoca danos em Vitória da Conquista e em mais de 100 municípios baianos

Seca nordEstamos vivendo uma das maiores secadas das últimas décadas. De acordo com especialistas, a situação vem se agravando há alguns anos por influência do fenômeno do El Niño. Com a falta de chuva, 147 municípios baianos já decretaram situação de emergência, entre eles, Vitória da Conquista.

Diante de tal situação, desde o dia 23 de maio, os conquistenses tiveram que voltar a conviver com o racionamento de água. Agora, de acordo com calendário definido pela Embasa, a água chega nas residências três dias sim, três dias não. No entanto, moradores de alguns bairros da cidade reclamam que o calendário não está sendo cumprindo, visto que, em muitas casas, a água demora mais de três dias para chegar.

Além do consumo reduzido de água, outro reflexo da seca está na produção agrícola. A diminuição das chuvas na última temporada também provocou mudanças no ritmo da produção irrigada. De acordo com A Tarde, a Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) divulgou, nessa quarta-feira, 8, que a partir de julho será suspensa a produção em mais da metade da área que possui sistema de irrigação no cerrado baiano por falta de água.

A decisão vai impactar na economia em geral, pois culturas como o feijão, que é irrigada, não serão produzidas. Cerca de 1 milhão de sacas deixarão de circular, pressionando mais a alta do preço do quilo que já chega a R$ 10 em muitos supermercados.

Pavio de dinamites é encontrado em bagagem de ônibus interestadual

PavioA Polícia Rodoviária Federal de Vitória da Conquista apreendeu uma grande quantidade de espoletas (pavio) utilizadas na detonação de explosivos, como dinamite. A apreensão ocorreu durante operação de rotina, no posto da BR 116, em Conquista, durante abordagem a ônibus Interestadual.

O veículo seguia para Feira de Santana, quando foi parado pelos patrulheiros , por volta das 21 horas desta quarta-feira (8). Eles encontraram 3 mil espoletas, que é de uso restrito.

O responsável pela mala onde estava o material, Jeovaldo Ferreira da Silva, 55 anos, foi identificado e preso. Normalmente explosivos de origem ilícita são utilizados em crimes contra instituições financeiras.