Arquivos diários: 13 de novembro de 2015

Gabinete Deputada Estadual Angela Sousa – sobre ações junto a CERB

angelasousa

Na tarde desta terça-feira (10), a deputada Ângela Sousa se reuniu com o presidente da CERB, Marcus Vinícius Bulhões, para buscar melhorias no acesso à água em diversos municípios baianos a exemplo de Tremedal, Piraí do Norte, Boa Nova e Condeúba, no sertão baiano.
O município de Tremedal foi autorizado a perfuração de poço artesiano na comunidade de Boa Sorte. E estando em análise os das comunidades de Neblina e Bebedouro. Já para Piraí do Norte, foi autorizado perfuração de poço na comunidade de Boa Vista, km29. Além disso, foi autorizado a locação do poço da Comunidade da Fazenda Bela Vista, na região de Massaranduba.
Para o município de Boa Nova, no sudoeste baiano, foi autorizado a locação do poço da comunidade de Mata do Meio. E em Condeúba, foi autorizado a perfuração da comunidade de Lagoa Rasa.
Para a parlamentar essas intervenções se fazem extremamente necessárias uma vez que garantirá melhores condições de vida, trazendo a essas localidades uma das necessidades vital do ser humano o acesso à agua.

Vitória da Conquista é a terceira cidade que mais desmatou na Bahia

EntulhoAs cidades baianas com números mais expressivos de desmatamento entre 2000 e 2014 são Cândido Sales (5.676 ha), Encruzilhada (5.035 ha) e Vitória da Conquista (4.610 ha). Os dados são do Atlas dos Municípios da Mata Atlântica, lançado nesta quarta-feira (11) pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).
Baianópolis com 1.522 hectares e Brejópolis com 686 ha tiveram as maiores áreas de supressão de vegetação natural do bioma no período 2013-2014 entre as cidades baianas. A vegetação natural inclui, além das florestas nativas, os refúgios, várzeas, campos de altitude, mangues, restingas e dunas.
Atualmente, a Mata Atlântica é a floresta mais ameaçada do Brasil, com apenas 12,5% da área original preservada. O ranking de desmatamento do Atlas dos Municípios, com dados de 3.429 cidades brasileiras, é encabeçado pela cidade piauiense de Eliseu Martins, que teve supressão vegetal de 4.287 hectares (ha) no período entre 2013 e 2014.

Fonte: Blog Resenha Geral